Revolta Trabalhadores Migrantes Usina Santo Antônio - Porto Velho

Perguntas: Sindicatos e as empreiteiras não perceberam a tensão nos canteiros de obras?  A reação da população rondonense, diante destes acontecimentos?  Com tantos imigrantes, a população é solidária, ou foram na "onda" pelos meios de comunicação, que os fatos que se sucederam foram organizados por vândalos?  Hoje, como o movimento social em Rondônia, está acompanhando estes trabalhadores?  É extremamente necessário que haja um tratamento mais isonômico entre os trabalhadores contratos pelas empreiteiras e aqueles trabalhadores contratos pelas empresas terceirizadas. Por outro lado, os deveres e obrigações pelas empreiteiras, assegurando tratamento digno, justo e equitativo aos trabalhadores, respeitando-se as diferenças, repugnando as discriminações, além de possibilitar a conciliação entre trabalho e família.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NOTA PÚBLICA - HOMENAGEM RIDICULARIZA RONDÔNIA E ESTIMULA A CRUELDADE CONTRA AS MINORIAS.

O acidente das usinas que nos esconderam

Santo Antônio do Matupi, no Km 180 da transamazônica.