sábado, 11 de junho de 2011

Abuso de policiais contra agricultores

Confirmando a denúncia apresentada ontem pela CPT RO a ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário, informações recebidas da região dos agricultores ameaçados em Vilhena, Rondônia, situados nas proximidades do Rio Melgaço, cinco deles dias atrás teriam também sofrido prisão o dia 30 de maio de 2011, na delegacia de Pimenta Bueno. Poucos dias depois de serem soltos, pistoleiros dirigidos por Marcio Corujão se apresentaram com ameaças para sair da terra antes desta sexta feira passada, dia 10. Hoje a situação continuava tensa.
O fato deles terem sofrido prisão antes das ameaçãs dos pistoleiros, confirma que a atuação dos policiais em possível atuação de abuso de autoridade é fato corriqueiro de norte a sul de Rondônia. Em Porto velho também sofreram abuso de autoridade três agricultores do Rio das Graças, presos pela policia ambiental de Candéias o dia 07 de junho de 2011 e liberados no dia seguinte em Porto Velho. Uma liderança dos camponeses também recebeu ameaças de pretensos donos das terras, alguns relacionados com oficias da polícia militar de Rondônia.
A fiscalização da corregidoria da atuação por conta em conflitos agrários de policiais sem ordem judiacial, envolvidos em grilagem de terras ou relacionados com fazendeiros e grileiros de terras públicas foi um dos pontos onde a CPT RO pediu a intervenção das autoridades para respeitar os direitos humanos dos camponeses de Rondônia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos suas opiniões e informações.