quarta-feira, 28 de março de 2018

Nota de repúdio à prisão do Padre José Amaro



A Comissão Pastoral da Terra - Regional Rondônia, se junta à CPT Nacional na denúncia das caluniosas acusações contra o Padre Amaro e a CPT em Anapu - Pará. 

Repudiamos a ação deliberada de difamação e criminalização das comunidades na luta pela terra e de seus apoiadores/as, a exemplo de Rondônia, onde existem muitos lutadores/as presos/as injustamente por defender a distribuição justa da terra.

A CPT não medirá esforços para comprovar a inocência do Padre Amaro e revelar os reais mecanismos de intimidação continuada por parte de poderosos contra o povo e sua luta e não se calará. 

Conclamamos a todos/as os/as companheiros em Rondônia e no Brasil a não termos medo de continuar assumindo o projeto de Jesus e sua opção preferencial pelos pobres.
Nesse tempo de Páscoa caminhamos juntos/as nos caminhos da Cruz na esperança da Ressurreição.  

CPT - RO  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos suas opiniões e informações.