quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Via Campesina de Rondônia realiza 5ª festa da semente crioula

V Festa Camponesa em Rondônia                                  
                                           
Durante os dias 29, 30 e 31 aconteceu na cidade de Ouro Preto do Oeste, Rondônia, a V Festa Camponesa, com o tema “Soberania Alimentar e Direito dos Camponeses”.
Organizada pelas organizações que compõem a Via Campesina: Movimento dos Atingidos por Barragens MAB, Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra MST, Movimento dos Pequenos Agricultores MPA e Comissão Pastoral da Terra CPT.

Nesta edição o tema escolhido foi “Soberania Alimentar e o Direito dos Camponeses”, trazendo à discussão do nosso atual modelo de produção de alimentos, a agroecologia, a agricultura familiar e a Reforma Agrária na Amazônia, além da discussão dos direitos dos camponeses na atual conjuntura política e econômica na qual nos encontramos, traçando as possíveis saídas  através da luta e organização do campo e da cidade, diante dos retrocessos apresentados.

No dia 29 foi um seminário sobre a soberania alimentar, agroecologia e enfrentamento aos grandes projetos. No dia 29 aconteceu a feira camponesa com diversidades de alimentos, sementes e artesanatos do estado de Rondônia em paralelo a feira foram oferecidas 3 oficinas de criatório de peixes, saúde do campo e teatro.
Esses dias foram muito marcantes além da animação, a alegria expressada nas músicas e o gosto de viver no campo e lidar com terra.
Na noite cultural um dos momentos mais belos foi as crianças da ciranda que fizeram duas apresentações uma foi a dança da saia rodada e outra dança da massa de mandioca. Como é bonito contemplar no rosto e no sorriso de cada criança, e no alhar de cada pessoa, olhar de cuidado de afeto, olhar de inteireza. Crianças a semente crioula que foi plantada, regada e adulta responsável pela maturação e empoderamento de cada uma.
E pra encerrar esta belíssima festa foi oferecido um café, não foi um simples café, mas um café a moda Camponesa, com 58 tipos de alimentos e muita musica, o fogo do fogão a lenha é chama acesa no coração do camponês que não desiste nunca, a quantidade de alimentos é riqueza do campo que do pouco de cada um de cada uma torna-se muito, como é bonito e gostoso alimentar juntos e juntas, alegrar juntos e juntas, e juntos vamos além, juntos e juntas superamos as malditas cercas.
Segundo a organização foram trocadas 200 tipos de sementes crioulas.
E voltamos pra casa com um gostinho de quero mais.
E ressoou em cada coração a palavra de ordem do Papa Francisco nenhuma família sem casa, nenhum camponês sem terra, nenhum trabalhador sem direitos.  

Noeli Sousa - CPT-RO


Um comentário:

Agradecemos suas opiniões e informações.