terça-feira, 12 de julho de 2016

RONDÔNIA: DEZENAS DE FAMÍLIAS DE MIRANTE DA SERRA PODEM SER DESPEJADAS

Crianças do Acampamento Fidel castro2 de Mirante da Serra RO.

Cerca de 170 famílias de agricultores do Acampamento Fidel Castro 2 estão ameaçadas de despejo em Mirante da Serra, município situado a 381 km. de Porto Velho, Rondônia. Eles ocuparam uma fazenda localizada na Linha 76 da Linha 81, km. 11, Lote 62-A, situada aproximadamente 30 Km do município de Mirante da Serra, reivindicando a área para criação de um assentamento de reforma agrária, e já há alguns dias se retiraram do local montando o acampamento numa área arrendada vizinha da fazenda.
O latifúndio tem uma área aproximada de 1.290 alqueires (mais de 3.000 hectares), de uma empresária que mora no estado de Espírito Santo. As famílias afirmam que a terra estava mal cuidada e que o local não cumpre a função social, reivindicando a expropriação da fazenda para reforma agrária, pois centenas de famílias da região não tem emprego e não tem espaço para trabalhar na terra.
O juiz José Antônio Barretto da comarca de Ouro Preto do Oeste concedeu a reintegração de posse em liminar o dia 17 de junho de 2016, a pedido de Ângela Cristina Monteiro de Araújo, tendo como advogados Karima Faccioli Caram e Eder Miguel Caram, em processo com número 7003373-60.2016.8.22.0004 e deu prazo de 10 dias para as famílias desocupar o local.
As famílias foram ameaçadas de terem o acampamento destruído por uma pá carregadeira da fazenda, que começou a derrubar árvores em direção ao local onde estavam acampadas. Segundo as famílias pistoleiros armados da fazenda estão realizando de noite disparos em direção ao acampamento. Também ameaçaram na estrada uns jovens que tinham ido recolher leite num sítio vizinho para as crianças. O acampamento tem mais de 40 crianças que precisam de escola.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos suas opiniões e informações.