sexta-feira, 13 de maio de 2016

CPT Rondônia realiza Seminário para discutir conflito agrário e violência no campo

Nenhum Camponês sem Terra
Nenhuma família sem Teto
Nenhum trabalhador sem Direitos – Papa Francisco

Rondônia, foi o estado onde  mais aconteceram assassinatos em conflitos agrários em 2015, com um número de 20  no total, e em 2016 já foi registrado 07 casos. Ao contrário do que se é mostrado por alguns veículos de comunicação, ainda a maior parte da violência vem por parte da pistolagem dos fazendeiros.

Para debater sobre essa dura realidade, a Comissão Pastoral da Terra, Regional Rondônia, realizará um Seminário sobre conflitos agrários juntamente com uma audiência pública, que acontecerá na seguinte programação:
1-    Dias  17 e 18  de maio - Seminário sobre
·       A questão agraria e a regularização fundiária em Rondônia
·       A acentuada violência no campo
·       Meio ambiente: agrotóxicos e suas  consequências
·       Territórios indígenas e populações tradicionais
2-  Dia 19 de maio -  Audiência Pública sobre Conflitos e violência no campo
As atividades terão a finalidade de levantar um diagnóstico dos conflitos agrários em Rondônia, bem como, denunciar às autoridades brasileiras as mortes causadas pela violência no campo, assim como, seu assombroso aumento.
Assim, a CPT/RO quer convocar os movimentos sociais, indígenas, seringueiros e camponeses, autoridades públicas e religiosas e outros interessados a participarem principalmente da Audiência Pública que acontecerá na manhã do dia 19 (das 8h as 13h) no auditório  da Catedral, rua Carlos Gomes, nº235 – Centro, ao lado do cartório.


Agradece


A Coordenação colegiada

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos suas opiniões e informações.