sábado, 20 de junho de 2015

Incêndio em cooperativa RECA causa prejuízo de R$ 1 milhão, em RO

Tida como exemplo e modelo de sustentabilidade da agricultura na Amazônia, com plantio de sistemas agroflorestais, o incêndio no RECA em Nova Califórnia, Porto Velho, Rondônia, é um duro golpe para a agroecologia de rostro amazônico. Reproduzimos informação divulgada pelo G1: 

Incêndio em galpão da cooperativa do RECA. foto divulgação
19/06/2015 16h41 - Atualizado em 19/06/2015 19h11 

Incêndio em cooperativa causa prejuízo de R$ 1 milhão, em RO 



Fogo destruiu barracões com produção de óleos e sementes.

Bombeiros devem avaliar projeto de prevenção de incêndio em cooperativa.
Gaia Quiquiô Do G1 RO 

Um incêndio no Distrito de Nova Califórnia, ocorrido na última sexta-feira (12), rendeu prejuízos de R$ 1 milhão à Cooperativa Coopereca, localizada na BR-364, quilômetro 1071, em Rondônia. A cooperativa tentou acionar o Corpo de Bombeiros de Porto Velho e Rio Brando (AC), mas sem efetivo e com transporte reduzido, não foi possível fazer o deslocamento e conter o fogo. Sozinhos, os cooperados conseguiram apagar o incêndio que consumiu três barracões. 
O fogo consumiu os barracões onde eram produzidos e armazenados óleos de castanha, andiroba, da manteiga de cupuaçu e sementes de pupunha, além de uma grande quantidade de manteiga de cupuaçu que estava em estoque e seria vendida. “Tudo foi perdido”, disse Cássia Lane, cooperada que trabalha no departamento administrativo. 
Entre as perdas, um equipamento de prensa para sementes e extração de óleos, foi destruído pelo fogo. O incêndio começou de madrugada e tomou conta dos galpões. Os cooperados tentaram acionar o Corpo de Bombeiros em Porto Velho, mas foram informados de que por causa da distância, cerca de cinco horas de viagem, e falta de caminhão, não seria possível atender a ocorrência. Já na capital acreana, município distante cerca de 150 quilômetros do distrito, o Corpo de Bombeiros alegou que levaria muito tempo para conseguir a documentação necessária para o deslocamento até o local. Os produtores se sentiram lesados e afirmam que na região onde moram vivem sem amparo. 

Fogo destruiu barracões e rendeu prejuízo de R$ 1 milhão

Segundo a cooperativa, cerca de 350 famílias da região foram afetadas, pois sobrevivem com a renda das vendas dos produtos em Rondônia e exportados para várias cidades do Brasil. Apesar da destruição, todos se uniram e pretendem reconstruir o que foi perdido. 

Projeto

O Projeto RECA, como é conhecido, significa Reflorestamento Econômico Consorciado e Adensado, desenvolvido por pequenos agricultores que tiram da floresta, alimentos típicos da Amazônia e preservam o meio ambiente. O RECA já recebeu prêmios nacionais e internacionais de preservação ambiental.

Invibabilidade

Ao G1, o Corpo de Bombeiros alegou inviabilidade, explicando que o efetivo está presente em apenas 14 municípios, de 52 existentes em todo o estado. Para o atendimento em Nova Califórnia, que fica a 350 quilômetros de Porto Velho, "ficou inviável enviar uma viatura, pois com a distância e o peso do caminhão, a viagem duraria cerca de sete horas e não seria possível reabastecer, caso fosse necessário". 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos suas opiniões e informações.