quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Padre Luiz Ceppi volta para o Acre

Parceiro da CPT RO na coordenação das Pastorais Sociais da CNBB Noroeste, estreito colaborador de Dom Moacyr Grechi em Porto Velho, o missionário Padre Luiz Ceppi volta para o Acre exercer o seu trabalho ministerial após 10 anos em Rondônia. Publicamos a carta de despedida que endereçou para CPT RO e amigos, desejando-lhe nossos votos de felicidade e fecundo trabalho junto as comunidades de seringueiros, as quais já dedicou muitos anos de sua vida. 

Pe Luiz Ceppi na Romaria da Terra e das Águas de Rondônia, em 2011. foto arquivo cpt ro
"Aproveito deste momento de graça para agradecer a oportunidade de trabalhar durante 10 anos como animador da Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade,da Justiça e da Paz no nosso regional noroeste da CNBB e ajudado aonde tinha mais necessidades nas nossa Igreja particulares e a experiência de acompanhar os trabalhadores - mão de obra mais barata - na construção da usina hidro elétrica S. Antônio, quase todos vindos do nordeste e norte e,como não lembrar o XII Intereclesial das CEB.s ,..obrigado por este tempo de graça e perdão pelos grandes limites do serviço.
A partir de 2015 com a permissão de dom Joaquin e Conselho Presbiteral voltarei a exercer o ministério sacerdotal na Diocese de Rio Branco,Igreja de incardinação e terei a possibilidade de trabalhar,de maneira prioritária, junto aos seringuéiros da Reserva Extrativista Chico Mendes,na busca de "viver e conviver bem" sem destruir a biodiversidade e a riqueza da nossa floresta. Realizar o desafio dos nossos ancestrais,os povos indígenas e valorizar a vida de muitos "pobres da terra" que deram a vida: Wilson Pinheiro,Chico Mendes,Ivair Higino, ir, Creusa,ir. Dóroty .....
Não será fácil, mas a esperança nunca decepciona, e vou deixando em Porto Velho duas pessoas que deram,dão e sempre darão um novo sentido a missão sacerdotal, dom Moacyr e dom Antônio, mais que bispos eméritos DOIS IRMÃOS MAIORES.....sentirei falta, dá mágoa em se afastar, mas, aonde existe fraternidade-caridade, até as distâncias desaparecem. 
Desejo a todos e todas um 2015 rico de fé, esperança e caridade e sonhar como Isaias 64,7 : "Assim mesmo, Senhor, Tu és nosso Pai, nós somos barro; TU NOSSO OLEIRO, e NÓS TODOS OBRA DE TUAS MÃOS".                    Um abraço."  pe. Luiz Ceppi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos suas opiniões e informações.