terça-feira, 1 de abril de 2014

Posseiros de Jaci Paraná denunciam roubo de madeira



Posseiros da Linha G da F, Área Camia, á 150km de Porto Velho, denunciaram a fazendeira Neuza Horácio Pereira por estar retirando madeira de dentro do lote 03 da referida área, denominada sítio Antônio Marcelino, sem autorização  ambiental, tampouco dos moradores do lote.

Não é a primeira vez que a fazendeira haje dessa maneira, como também, não é a primeira vez que as famílias denunciam ao Sedam e a outros órgãos ambiental, sem que providencias  tenham sido tomadas até o momento.

Segundo os posseiros, esta área é da União, o INCRA emitiu Carta de Posse para as famílias desde o ano 2000. Sendo que essa fazendeira entrou nesta área em 2003 e começou um processo de pertubação, ameaça, perseguição, roubo de madeira, intimidação. Algumas famílias não resistiram e foram embora, restando apenas 04 famílias das mais antigas. 

As madeiras  que estão sendo retiradas são estacas de maçarandubas para serem usadas em cerca de fazenda, porém as famílias não sabem dizerem se ela estão usando em sua fazenda ou vendendo as madeiras. 

A maior indignação das famílias, é que como se não bastasse as ameaças que enfrentam por parte dessa fazendeira, ainda tem que enfrentar a omissão dos órgãos públicos competentes que não conseguem resolverem o problema.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos suas opiniões e informações.