terça-feira, 1 de abril de 2014

Agrotóxicos contrabandeados em Rondônia

Idaron localiza agrotóxicos contrabandeados em Rondônia
A Polícia Militar foi imediatamente notificada e procedeu a apreensão do produto e detenção do comerciante que sofrerá as medidas civis e criminais pelo contrabando.

Em fiscalização de rotina realizada pela Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron), no município de Monte Negro, foram encontradas embalagens do produto Metsulfuron Metil 60 DVA, embalagens de 100g, de fabricação Argentina e com rótulo em espanhol e sem registro do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). 

A Polícia Militar foi imediatamente notificada e procedeu a apreensão do produto e detenção do comerciante que sofrerá as medidas civis e criminais pelo contrabando. 

A Agência Idaron orienta aos comerciantes e produtores que não adquiram produtos com rótulo em espanhol e lembra que: quem estiver transportando, comercializando, comprando, armazenando, aplicando ou utilizando agrotóxicos contrabandeados estará sujeito à aplicação de multas de até R$ 2.000,00 e pena de reclusão de 01 a 04 anos. 

O baixo custo e a propaganda enganosa faz com que o produtor adquira produto contrabandeado, porém esse “produto” não tem garantias de sua composição química, impurezas existentes e proibidas e principalmente eficiência para combater as pragas. 

Os agrotóxicos para serem comercializados no Brasil devem atender as seguintes condições: Obter registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento (Mapa), após os testes de eficiência agronômica e toxicidade ao ser humano e meio ambiente e, rótulo e bula em português.

Fonte: tudorondonia. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos suas opiniões e informações.