quarta-feira, 19 de março de 2014

Indígenas de Guajará sofrem com enchente

"Estamos vivendo momentos difíceis cada dia a Pérola do MAMORÉ se afoga mais é com ela centenas de família contra sua vontade deixam sua casas...
Nada é mais tristes que ver essas pessoas deixarem tudo pra trás é sem opção de melhores condições ficam em alojamentos improvisados. A situação dos parentes indígenas não é diferente nas terras indígenas Graças a Deus, Santo André Bom Futuro, Rio negro ocaia no Rio P akaás estão passando as mesma necessidades suas roças estão no fundo da água. O mesmo esta acontecendo com as terras indígenas Deolinda, Barranquilha, Sotério Rio Mamoré.As terras indígenas Winaintain e Sagarana ambas no Rio Guaporé desde que me entendo por gente é a primeira vez que os vejo sofrem tamanho impacto das cheias. Ver as lágrimas de meu povo pelas perdas de sua roças ouço ecoar dentro de mim a voz de nossos mais antigos a mãe natureza esta reagindo a toda violência práticada pelos invasores contra ela, tudo isso é um apelo para que o homem respeite-a e a trate com cuidado, porque a mesma água que serve pra matar a sede de toda humanidade pode em segundos engolir sem piedade essa mesma humanidade...."


(Eva Canoé)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos suas opiniões e informações.