sexta-feira, 14 de março de 2014

Distrito de Jaci Paraná: 35 famílias de sem terra na mira de ameaças de fazendeira.

Trata-se das 35 famílias, acampadas no Acampamento Fruto da Terra, localizado na linha G da F á 150km do município de Porto Velho, Br 364- sentido Acre, precisamente no Distrito de Jaci Paraná em Rondônia.
O Acampamento foi montado há um ano por famílias da região que buscam uma terra para viverem.



Esta área é da União, dentro do Projeto de Assentamento São Francisco. Foi grilada e implantada a fazenda Camim de posse de Neuza Horácio Pereira e Benedito Anunciado de Lima, segundo os acampados, ambos tem fazendas em outras regiões há exemplo de Cerejeiras, também em Rondônia.

É uma área  de duas mil hectares, sendo que existem 04 famílias que moram na área há 14 anos e afirmam que depois que a senhora Neuza entrou começou as ameaças. Algumas famílias que moravam nesta área tiveram que sair por medo, resistindo apenas estas 04 famílias.

No inicio de 2013, entraram mais 35 famílias que formaram o acampamento Fruto da Terra, passaram a viver em acampamento debaixo de lona.

Várias ameaças já foram denunciadas pelos acampados, como: “do mesmo jeito que mato um, mato 20”, “o filho da .....que abrir essa porteira, vou dá um tiro na cara”. Também já foi jogado caminhonete em cima de mulheres com crianças na estrada no intuito de assustar. Três lideranças foram ameaçados de morte, ....

Outra agravante da denuncias dos acampados que afirmam inclusive por fotos é que no dia 25 de dezembro a fazendeira aproveitou o feriado do Natal, onde as famílias tinha ido pra cidade, e atiraram fogo em seus baracos destruindo todos os seus pertences. Esse fato também já de conhecimento da justiça.

Os acampados reclamam ainda que já foram feitas denuncias de crime ambiental, como retirada de madeira e desmatamento, sem que a Polícia ambiental tenha ido se quer fazer vistoria das denuncias.

A situação também já foi exposta ao INCRA que prometeu uma conversa com a fazendeira e que até agora, segundo o INCRA não conseguiu encontrá-la.
Os acampados pedem socorro e providências das autoridades competentes para garantir a segurança das famílias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos suas opiniões e informações.