quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Incra cria três assentamentos em Corumbiara


O órgão criou ao todo seis assentamentos na fazenda Santa Elina, no município de Corumbiara (RO)

O Incra atingiu seu objetivo de transformar a área da fazenda Santa Elina, palco do Massacre de Corumbiara em 1995, em projetos de assentamento (PA’s) para os trabalhadores rurais sem terra de Rondônia. Com a criação de três PA’s no local, na sexta-feira (25), destinado a 253 famílias, o órgão completou seis assentamentos para 693 famílias, entre elas as vítimas do conflito.

Os novos assentamentos são: Maranatá II, Alzira Augusto Monteiro e Alderico Carvalho, totalizando 253 famílias assentadas. No imóvel da fazenda haviam sido criados os PA’s Maranatá, Zé Bentão e Renato Natan, desde 2012.

Em um evento no ginásio de esportes do município, com milhares de agricultores e autoridades dos governos federal, estadual e municipal, como o presidente do Incra, Carlos Mário Guedes de Guedes e o governador de Rondônia, Confúcio Moura, foi anunciada a criação dos assentamentos, construção de estradas e demarcação de terras em parceria com governo e prefeituras, assistência técnica, além da entrega de títulos da terra, Cadastro Ambiental Rural (CAR) das propriedades, assinatura de contratos do Pronaf e do programa Minha Casa Minha Vida Rural.

O presidente do Incra assinalou o empenho do órgão em solucionar as questões ligadas à Corumbiara encerrando com aquele ato um difícil período de conflitos e afirmou que este é um novo tempo para os assentamentos da reforma agrária, já que o governo federal está empenhado em promover o desenvolvimento dessas áreas, tornando-as locais com qualidade de vida e produção compatíveis com as necessidades reais das famílias que nelas habitam.

A parceria com o governo do estado e com as prefeituras teve destaque no evento. O governador Confúcio Moura disse que esse era um sonho antigo. “Sempre acreditei em uma reforma agrária descentralizada. O governo e os prefeitos conhecem bem a realidade local e essa nova competência de fazer serviço com o Incra é muito importante para os resultados”, avaliou.

fonte incra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos suas opiniões e informações.