segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Incra anuncia assistência para alguns assentamentos de Rondônia

Repassamos nota do Incra, onde informa de curso de capacitação técnica para dar assistência a a 112 famílias de assentamentos de Theobroma, Campo Novo, Porto Velho e Ariquemes.
O programa forma parte do Brasil sem Miséria.
 Charge de Ivan Cabral

Incra capacita técnicos em programa de fomento rural
O Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais, integrante do Plano Brasil sem Miséria, se baseia em assistência técnica e transferência de recursos financeiros aos agricultores dos assentamentos da reforma agrária. Para dinamizar sua operacionalização no campo, a superintendência do Incra em Rondônia inicia hoje (08), às 14h30, a capacitação das equipes de assistência técnica do órgão.
Denominado Encontro de Nivelamento sobre o programa, haverá a participação de 14 técnicos do programa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), em dois dias, que terão posteriormente a meta de contemplar 112 famílias dos assentamentos do Plano Brasil sem Miséria. De acordo com a gestora do Ater/RO, Maria de Jesus Freire Lobo, o objetivo é expandir o atendimento a 465 famílias ainda em 2013.
Para ter acesso ao programa a família deverá estar inscrita no Cadastro Único em situação de extrema pobreza (renda mensal de até R$ 70,00 mensal por pessoa), assinar o termo de adesão e ter o projeto de estruturação produtiva que será elaborado pelos técnicos do Ater. O programa repassará o valor de R$2.400,00 por família para a execução do projeto, divididos em três parcelas por meio do cartão Bolsa Família ou pelo Cartão Cidadão.
Serão beneficiadas famílias dos projetos de assentamento (PA) Antônio Conselheiro, Lamarca e Vale Encantado (Theobroma), União da Vitória (Porto Velho), Migrante, Madre Cristina, Novo Progresso, 13 de outubro, 14 de Agosto – Fase II e Fase II Coletivo (Ariquemes) e Santa Elisa, Norte Sul e Campo Novo (Campo Novo de Rondônia).
O Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais é uma estratégia do governo federal de inclusão produtiva para estimular a geração de trabalho e renda e promover a segurança alimentar e nutricional em territórios rurais em situação de extrema pobreza. É uma responsabilidade conjunta do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e consiste em três eixos principais: transferência direta de recursos financeiros, disponibilização de assistência técnica continuada e distribuição de sementes.
Fonte Incra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos suas opiniões e informações.