sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Duas mortes em áreas de conflito agrário

Duas mortes criminosas tem acontecido em áreas de conflito agrário de Rondônia nesta última semana. A primeira, nesta terça feira, aconteceu na Ocupação Canaã, situada em Ariquemes. Na segunda, o suposto autor da morte foi preso pela polícia, segundo informações divulgadas na mídia.

ARIQUEMES:  em área de assentamento no Km-18 da Linha C-19. Por volta das 19:00 horas de Terça-feira, (01/10), a testemunha B.D. de 40 anos, caminhava pelo pasto no Assentamento Canaã, localizado no Km-18 da Linha C-19, quando encontrou o corpo de seu irmão, Sebastião Bernardino Dias, de 59 anos, caído ao solo já sem vida. O Coordenador de Poliamento, Tenente F. Carvalho, uma equipe do Grupo de Operações Especiais (GOE), a funerária de plantão e o Delegado da Homicídios, Dr. Ricardo Rodrigues, foram para o local, onde após os trabalhos preliminares, ficou constatado que a vítima apresentava uma lesão na altura da nuca. O corpo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML) de Ariquemes, para que o exame tanatoscópico possa determinar a causa da morte. Mediante os fatos a ocorrência nº 2285/13 foi registrada na Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Vida, que já está investigando o caso.
Foto: rondoniaovivo
 MONTE NEGRO: Morte de sem terra.
Monte Negro RO.  Por volta de 13 horas de quarta-feira, (02/10), a guarnição da Polícia Militar em Monte Negro, composta pelo Tenente PM Rodolfo, Soldados PM Krause e Pereira, realizaram a prisão de Fernando Santana de Almeida, 19 anos, residente na Rua Santa Catarina, 3988, Setor 5, em Ariquemes, após praticar um homicídio, que vitimou a pessoa de Adelino Gonçalves Neto, 52 anos, na Linha C-02, Quilômetro 40, Lote 59, Acampamento de sem-terras denominado Santa Tereza, na área rural em Monte Negro.A guarnição da Polícia Militar foi acionada a comparecer no local dos fatos, onde segundo informações havia ocorrido um homicídio.Os Policiais Militares fizeram contato com uma equipe médica do Hospital Municipal de Monte Negro e deslocaram-se para o local, onde encontraram o corpo de um homem caído ao solo, sendo constatado pela equipe médica que o mesmo estava em óbito, e que o motivo possivelmente seria por um ferimento por arma de fogo. De imediato os Policiais Militares isolaram o local e após a conclusão dos trabalhos periciais, começaram intenso patrulhamento, no intuito de localizar e prender o infrator, quando visualizaram Fernando Santana de Almeida, onde após abordagem e revista pessoal, localizaram com o mesmo uma arma de fogo do tipo revólver, com duas munições, sendo uma deflagrada e outra intacta. Ao ser questionado a cerca dos fatos, Fernando confessou a guarnição PM que teria usado a arma para matar Adelino, devido a um desentendimento, pois a vítima não pagou um dinheiro que lhe devia e ainda lhe agrediu com um tapa no rosto. Tanto a vítima, quanto o infrator, possuíam marcações de terras no acampamento de sem-terras denominado Santa Tereza, na área rural do município de Monte Negro. Diante do fato o infrator recebeu voz de prisão e foi conduzido até a Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Vida 2ª DPC de Ariquemes, onde após o registro da ocorrência foi entregue ao delegado plantonista que confeccionou o Auto de Prisão em Flagrante Delito ao infrator, encaminhando-o ao presídio local, onde permanecerá à disposição da Justiça.
Fonte Rondonoticias / 7º Batalhão de Polícia Militar. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos suas opiniões e informações.