quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Acampamento Rio Azul sofre mais um atentado com fogo

imagem dos objetos que foram queimados na porta.
Um ano depois de ter seu carro queimado em represálias, o presidente da Associação ASPECRA da comunidade Água Azul - Sul de Canutama -AM sofre novo atentado, desta vez a ideia era atirar fogo contra sua moto e por consequência sua casa.

imagem do local por onde escorria a gasolina da moto.

Eis o fato: na madrugada  de hoje, 19 de setembro de 2013, por volta de uma hora,  atiraram fogo na porta da casa de Maurício Gualasua, presidente da ASPECRA (Associação dos Pequenos Produtores e Criadores do Rio Azul) e arrancaram a mangueira do tanque da moto deixando escorrer gasolina em direção ao fogo na porta da casa.
Para o presidente trata-se de um ato intencional e criminoso, pois os indícios apontam para um atentado contra ele e sua família, bem como contra toda a comunidade.
Graças aos vizinhos que viram o fogo e gritaram puderam acordar Mauricio e sua esposa que agiram imediatamente podendo apagar o fogo e evitar a explosão.

vale lembrar que no mês de agosto do ano passado, Maurício sofreu um atentado semelhante quando atiraram fogo no seu carro que estava na varanda da casa. O atentado ocorreu dois dias após ele ter feito uma denuncia na mídia sobre atentados contra agricultores do acampamento que foram baleados por homens encapuzados e disparos de cartuchos de calibre 12 que é usado pela polícia. A denúncia resultou em ordem de busca e captura para um casal de fazendeiros e prisão para 14 PMs de Porto Velho

Sobre esse atentado atual, o presidente da ASPECRA já registrou o Boletim de Ocorrência e  enviou a denuncia a Ouvidoria Agrária Nacional e a outras autoridades competentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos suas opiniões e informações.