domingo, 25 de agosto de 2013

Vilhena: Conflito em assentamento e mais duas reintegrações de posse.

Assentados no PA Águas Claras. foto cpt ro
Agricultores de Vilhena continuam procurando a CPT referente a alguns assuntos abordado anteriormente e pedindo encarecidamente providências às autoridade competente e especilamente a superintendência da policia federal e a procuradoria da união e do INCRA RO, e ao dep. federal Padre Tom , "porque não da mais para baixar a cabeça para as irregularidade e a falta de justiça, as desordes, pior que isto vem acontecendo dentro de um pá projeto de assentamento".

No PA Águas Claras, lote 56 setor 12 gleba Corumbiara Vilhena, continuam seme sclarecimento e punicção diversas ameaças desferida contra assentados da reforma agrária neste PA. Os problemas atuais tem origem num grupo de servidores públicos que foram notificados a desocupar imóvelis do assentamento pelos técnicos do próprio órgão (INCRA), pois os mesmo não se enquadram no perfil de beneficiários da reforma agrária. Alguns compraram posse no local recentemente, como o caso do advogado conhecido como dr.Alencar, um bombeiro por nome de André, e um secretario adjunto de obras do município de VHA por nome de Cicero, entre outros vários funcionários notificados.  Representados por este advogado, o mesmo está sendo acusado de por diversas vezes ter realizado ameaças contra um assentado do INCRA, de nome Joel e até mesmo os técnicos do INCRA. Por varias vezes foi registrado boletim de ocorrência policial. 

Um incidente mais recente foi um grupo comandado pelo advogado, que arrancaram a casa do aposentado sr. Joel, popular Tiziu,  e carregaram toda a madeira do local. "Não podemos aceitar este tipos de crimes acontecer, não depois de tanta luta, tanto aponto de viver ameaçados de morte e ver o companheiro desaparecido a mais de dois anos, outras lideranças morrendo e ameaçados de morte para que a justiça seja feito".  "Não é isto que estamos vendo aqui, como é triste viver anos e anos debaixo de lona e depois sofrer estes tipos de humilhação, não podemos admitir isto" . Alguns dos BO destes fatos foram registrados na policia civil, ocorrência nº 6767/2013 e nº5147/2013 e nº 6853/2013: Ocorrências de danos, ameaças, esbulho possessório, e comunicação."Mais nada foi feito", desabafam.

Ainda duas novas ações de reintegração de posse foram emitidas pela justiça estadual de Vilhena em duas associação de posseiros, com aproximadamente trinta e cinco família e outra com mais ou menos quarenta famílias. Estas ocupam o lote 46 setor 12 gleba Corumbiara Vilhena associação AMPAMEL, processo de nº 0048986-52.2003.822.0014 e a outra lote 26 setor 07 gleba Corumbiara Vilhena, associação ASPERGAU, processo nº 0126200-17.2006.8.22.0014 todas ligada a Central de Associações de Pequenos Produtores Rurais Portal da Amazônia (CEAPRA). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos suas opiniões e informações.