segunda-feira, 15 de abril de 2013

Ocupam o prédio do Incra após despejo em Seringueiras

Os indícios e informações que chegam para este blog NOTÍCIAS DA TERRA parece que, sem ter piores violências, no despejo do Acampamento Paulo Freire 3 de Seringueiras houve diversos abusos. Enquanto os acampados que foram despejados hoje (15.04.13) ocuparam o prédio do Incra em Seringueiras.

Sem terra ocupam Incra de Seringueiras. foto jornal rondovale

Ocupação de prédio do INCRA.
Segundo informações locais do Jornal Rondovale, na manhã desta segunda-feira, (15.04.2013) por volta 05h00min da manhã um grupo aproximado de 100 pessoas tomou conta do pátio do INCRA, segundos os sem terras eles a reivindicação é um local para aguardar a realização da triagem que deve ser cumprida em até 60 dias, o local disponibilizado pela policia Federal fica cerca de 30 quilômetros da cidade e impossibilita os estudos das crianças e a locomoção das famílias, pois poucas famílias possui transporte próprio. Segundo as informações, no local do prédio apenas uma sala está disponibilizada ao INCRA, o restante do prédio foi cedido por 20 anos para APAE que é um órgão que cuida de crianças especiais

Despejo de grupo em Seringueiras, comandado pela PF. Foto Jornal Rondovale
Jornalistas impedidos de participar.
Segundo nota de repúdio divulgada pelo site local de Seringueiras, os jornalistas do Jornal Rondovale foram impedidos de participar das negociações da policia com os sem terras e posterior reintegração de posse. "No inicio do dia 13 sábado por volta das 08 horas um grande numero de policiais envolvendo as policias Civil, Militar, GOE e o exercito adentraram a fazenda Riacho Doce, o jornal Rondovale com o papel SOCIAL de informar os acontecimentos da região se dirigiu varias vezes até o local para acompanhar a reintegração, mas os policiais da GOE que faziam a segurança da entrada da linha 02 de maio onde dá acesso à fazenda Riacho Doce em contato com o Senhor Delegado da Policia Federal Caio Porto Ferreiranos impediu de adentrar e tão pouco de se aproximar do local, o mais interessante que nenhuma observação sobre o porquê de não autorizar a imprensa a divulgar a ação foi divulgada para a nossa redação". Segundo a sentença judicial, toda a ação de despejo devia ser filmada pela polícia. 

Crianças hospitalizadas.
Seguindo com a informação do site Jornal Rondovale, segundo informações dos acampados "violências foram usadas para com os sem terras, cinco pessoas entre elas três crianças de 7, 6 e outra não identificada à idade foram hospitalizadas por causa das bombas de gás lacrimogênio e esprei de pimentas espirradas contra os rostos destas pessoas, 

Detidos
Também foram detidas cinco pessoas, segundo uma das pessoas detidas mesmo depois de estarem algemados ainda foi espirrado esprai de pimenta em seu rosto sem nenhuma explicação por parte do policial autor do ato.



Um comentário:

  1. Sem Terras encontram abandonados em Seringueiras.

    http://www.jornalrondovale.com/noticia/sem-terras-encontram-abandonados-em-seringueiras/==QM2cTM

    ResponderExcluir

Agradecemos suas opiniões e informações.