sexta-feira, 19 de abril de 2013

Recurso de escola pode estar sendo desviado


foto por ocasião da festa da EFACAJ - 08/2012
As famílias moradoras no Assentamento Flor do Amazonas no município de Candeias do Jamari em Rondônia estão apreensivas com a notícia de que o recurso para a implantação da Escola Família Agrícola terá redução de 70% por parte do governo do estado.
É um sonho que começa a se desmoronar antes mesmo de ser implantado. Há mais de 03 anos que essa discussão vem sendo feita pela associação EFACAJ, onde buscaram uma parceria junto ao consócio Santo Antônio Energia chegando a firmar um contrato para a implantação da escola via compensação. Esse recurso seria repassado via governo do estado.


foto por ocasião da festa da EFACAJ - 08/2012
A comunidade já está montando o Projeto Político Pedagógico da Escola e nesta semana receberam a notícia de que o Governador do Estado de Rondônia, Confúcio Moura,  teria pedido para a Secretaria da Agricultura Estadual/SEAGRI reformular o projeto.

Segundo a informação recebida na CPT por parte  de agricultores que promovem a nova EFA, o  Diretor Executivo entrou em contato com Assessora do governador e teria ouvido da senhora Márcia Aurora a informação de que reformulação do projeto se confirmava. A proposta de redução é de mais ou menos 70%, ou seja, reduzir de três milhões de reais para um milhão. Ainda, que esta verba seria aplicada na reforma do Shop Cidadão.

A EFACAJ, a associação que promove a construção da EFA, já protocolou um ofício ao governador solicitando uma Audiência urgente com o mesmo para conversar sobre esse assunto e na quarta feira próxima eles vão se reunir com o chefe de gabinete para marcar essa Audiência. Vale lembrar que em agosto do ano passado por ocasião da festa da EFACAJ o representante e engenheiro da Santo Antônio Energia, senhor Antônio Melo, confirmou em público que a empresa estava assumindo o compromisso em construir a Escola.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos suas opiniões e informações.