sábado, 20 de outubro de 2012

Porto Velho realizará Assembleia arquidiocesana

Celebração de Pentecostes na Arquidiocese de Porto Velho. foto gentedeopiniao


A Igreja não é a cabeça de um homem só; ela é uma realidade pastoral articulada, na qual a decisão passa sempre por uma assembleia eletiva. Este é o foco central da Assembleia do Povo de Deus, uma iniciativa da Arquidiocese Metropolitana de Porto Velho que acontecerá entre os dias 9 e 11 de novembro próximo.
O evento busca alternativas para resgatar e consolidar a imagem da Igreja Católica, através do comprometimento com o redimensionamento eclesial, condição básica para o verdadeiro compromisso missionário.
Ao falar sobre o encontro, o arcebispo de Porto Velho, Dom Esmeraldo Barreto de Farias, lembra que mais importante que o “Plano Pastoral” é o processo de planejamento. Daí, a importância da participação integral das comunidades em sua organização (CPC e CPP), nesta etapa decisiva de preparação da Assembleia do Povo de Deus. O arcebispo metropolitano da Arquidiocese de Porto Velho reputa a Assembleia do Povo de Deus como da maior relevância para os novos rumos a serem seguidos pela Igreja.
Com o tema “Conversão Pastoral e Renovação Eclesial Para o Compromisso Missionário”, na opinião dos presbíteros, padres e bispos de Rondônia, o encontro idealizado pela Arquidiocese de Porto Velho, seguramente, vai reavivar alguns setores da Igreja e Paróquias. “Já fizemos um bom caminho. Reconhecemos o empenho de tantos irmãos e irmãs que souberam não só guardar, em vasos de barro, o dom precioso da fé, mas também ajudar outras pessoas e comunidades a colhê-lo e vivenciá-lo em comunidade”, acrescenta um dos coordenadores da Assembleia.
Pascom - Arquidiocese de Porto Velho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos suas opiniões e informações.