domingo, 20 de maio de 2012

Agricultor assassinado por engano em Seringueiras


Sangue derramado de José Barbosa da Silva, na rodoviária de Seringueiras, 15/5/12. Foto: cristiano/rondovale.


Na noite de terça feira, dia 15, às 19, 30 h. morreu assassinado de um tiro na cabeça na rodoviária de Seringueiras (Rondônia) o agricultor José Barbosa da Silva, conhecido como "Zé Albino". Na cidade todo o mundo acredita que ele morreu por engano e que ele foi confundido pelos asssassinos com o Paraíba, Orlando Pereira Sales, um conhecido líder do Acampamento Paulo Freire 3.

O Paraíba está sendo ameaçado de morte e que após apresentar boletim de ocurrência no dia anterior (N. 262-2012, em 14/5/12)) teve que fugir do local. Orlando denunciou per ameaças Marcos da Silva, Adilson J. dos Santos, outro conhecido por Tim e outro elemento, que posteriormente o teriam seguido, sendo avisado mais tarde que os mesmos estavam de tocaia o esperando na estrada do Acampamento.
Zé Albino teria sido confundido com ele no dia seguinte, quando foi para a rodoviária com a sua esposa para viajar para a cidade de Porto Velho, quando do nada apareceu dois homens em uma motocicleta e um deles desceu da moto e foi a encontro do Zé Albino que se encontrava sentado no banco da rodoviária e foi executado com um tiro e tendo morte instantânea. No acampamento se ouviram foguetes e tiros no ar provenientes dum grupode pistoleiros que esta tumltuando o local, correndo a voz que o Paraíba tinha sido assassinado.


O acampamento faz mais de dois anos que oitenta famílias ocupam uma terra reivindicada pelo INCRA como terra pública, da fazenda Riacho Doce. Estas últimas semanas tem se tornado palco da ação violenta de pistoleiros que já está expulsando as famílias de suas casas, destruindo cercas e lavouras. Eles tem instalado um clima de terror, com disparos ao ar pela noite, rondando pelas casas, ameaçando os moradores, sem que até quinta feira passada a polícia local tivesse intervido, apesar das queixas dos que estvam sendo expulsos de suas casas, e as suas possess e benfeitorias destruídas.

Enquanto o processo de retomada pelo INCRA da propriedade das terras corre na justiça federal, uma ordem de reintegração de posse está nas mãos da polícia e pode ser cumprida a qualquer momento. Existe uma negociação com o INCRA para que seja realizada uma comodata com Sebastião de Peder, titular da azenda Riacho Doce, cedendo 150 hectares para permanência do acampamento enquanto a justiça federal não decide sobre a propriedade públca das terras.
O grupo de acampados, que dizem ter com advogado um advogadode Ouro Preto chamado Dr. Jacson, está obstruindo o processo pacífico de negociação e com um grupo de pistoleiros, impedindo os moradores de participar nas reuniões com a assessoria jurídica, assim como dasreuniões da Ouvidoria Agrária do INCRA,  tumultuando o acampamento, intimidando e ameaçando os acampados e expulsando os desafectos.
Pelo menos nove famílias já tem visto suas casas ocupadas, lavoras e cercas destruídas. Outros têm recebido ameaças de morte.
Ainda na quinta feira, 17/05/12,  seis homens aguardaram um morador sair para o trabalho para invadir uma casa. O fato foi percebido pela esposa, que estava com a mãe numa casa vizinha, e as duas foram intimidadas para sair da própria residência. As duas mulheres sozinhas, com uma criança de pequena idade, resistiram enquanto eram pressionadas e ameaçadas com uma faca. Num carrinho de moto estavam diversas armas embrulhadas. Elas conseguiram accionar a polícia pelo telefone 190 e depois de esperar reforços de São Miguel do Guaporé, os PMs acudiram ao lugar, onde foram atuados quatro pessoas: Leandro Lebaschi, Welinton Melo dos Reis (Neuzin), Antônio Marcos Melo dos Reis, Pedro de Lima dos Santos (BOP 4698/00022.0072). Outras duas pessoas tinham desaparecido supostamente escondendo as armas.  
Representantes da CPT RO, acompanhados da assessoria jurídica, estiveram com diversos acampados na Delegacia da Polícia Civil de Seringueiras sexta feira dia 18/05/12, pois os mesmos estavam tendo dificuldades para registrar boletins de ocurrência e para ober cópias dos mesmos. Eles relatam que eram desestimulados pela Polícia Civil com o argumento que "o peixe grande come o pequeno"e que não ia servir de nada registrar os fatos, pois tinham ordens de arquivar os fatos que não representasse crimens.
Na Delegacia da Polícia Civil de Seringueiras os representantes do Acampamento e da CPT RO foram ouvidos pelo Delegado Regional Dr. Mario, e o Delegado de São Miguel, Dr. Erivelton, que está substituindo o titular de Seringueiras, Dr. Juliano, que está de ferias. Eles acudiram de São MIguel do Guaporé e prometeram instruir os comissários de Serinueiras para não acontecer mais dificulades no registro de ocurrências e entregar as cópias das mesmas. Também annciaram tomar providências, tanto para prender os suspeitos da morte de José Barbosa da Silva, como para coibir a violência dentro do Acampamento Paulo Freire 3.
Após passar a manhã inteira na delegacia de polícia civil de Seringueiras, os representantes do Acampamento e da CPT denunciaram que mais uma casa e posse do acampado tinha sido invadida às 10 horas da manhâ do mesmo dia.

Entre os poucios boletins de ocurrência que já tinam sido registrados, recolhemos as cópias de:

- 211-2012. "Comunicação" de elementos armados suspeitos estar a procura de Orlando Pereira Sales.(23/4/12)

- 230-2012: "Comunicação": De expulsão de família de sua casa no acampamento.(28/04/12)
- 262- 2012: Ameaça. contra a vida de Orlando Pereira Sales, do dia 14/05/12. A cópia tinha sido recolhida após o Pároco local acompanhar a liderança na apresentação da ocurrência.

Sendo que o sistema de internet não estava funcionando o dia 18/5/12 até as 14h., não foi possível digitar os boletins de courrência nem recolher as cópias. Foi combinado passar no próximo dia 19/5/12 para recolher as cópias de ocurrências, conseguindo recolher o seguintes boletins de ocurrência:
 
- 270-2012: Disparo de arma em local público, denunciando que praticamanete todas as noites está tendo disparo de arma de fogo no acampamento, que na noite de 17 a intensidade de tiros foi grande, provocando muito medo de serem mortos no local.

- 272-2012: de Esbulho Possessório: denunciado um tal de Elias, que teria invadido e construído um barraco em sua demarcação.
- 273-2012: de Ameaças: De pessoas que queriam tomar a posse e invadir a residência duma das mradoras do acampamento.

- 274 - 2012: De perturbação do trabalho, do infrator Aloisio Batista da Silva, preso com mandato de prisão em aberto do estado do Mato Grosso.

- 275 - 2012: Comunicação, do Presidente da Associação Paulo Freire (ASPRUPAF), de estar acontecendo expulsões das famílias cadastradas na associação por indíviduos que desenvolvem atividades ciminosas.
- 276 -212, e 269-2012: Comunicação de expulsão de um morador de sua moradia dentro do acampamento, cortando cachos de banana, trechos de cerca e sua posse, e impedido de recolher feijão, mlho, e bananas. 
- 277-2012 : De perturbação ao sossego em residência, de elementos que de noite perturbam o sossego na casa dum dos acampados.

Ainda não foram lavrados boletins de ocurrência de denúncias apresentadas o dia 18/5/12. O mais grave a denúncia de Dona S., uma acampada que recebeu ameaças à vida, depois que lhe foi comunicado "que já tinha escapado por duas vezes de morrer,  o que iria acontecer se teimase de continuar no local".

3 comentários:

  1. Ola boa tarde soiu cristiano do jornal rondovale do municipio de seringueiras rondonia "www.jornalrondovale.com", venho aqui informa que a imagem referida acima ñ é de autoria do RondoniaVip e sim de nossa autoria "Jornal Rondovale", fotos tiradas com minha propria camera e não vindas da pm e nem da civil. link da noticia em nosso site, http://www.jornalrondovale.com/noticia/homem-e-assassinado-a-tiro-em-rodoviaria-de-seringueiras/=ATN .

    Desde já agradeço

    ResponderExcluir
  2. todo mundo sabe que no acampamento esta cheio de ristoleiros inclusive os famosos nda cidade estão la eu acho que eles teem as costas quentes porque tem bandido velho aqui e nunca e preso voces sabem de quemestou falando ele tambem esta lá não está? namos lá policia cade a inteligencia.

    ResponderExcluir

Agradecemos suas opiniões e informações.