Fim da greve das Usinas do Madeira


Trabalhadores das usinas do Madeira se manifestando no centro de Porto Velho, RO: Foto Danny Bueno em Ariquemes on line.
Segundo site rondoniavivo, os trabalhadores que realizam serviço para as usinas de Jirau e Santo Antônio decidiram encerrar a greve iniciada há mais de três semanas, após a realização de assembleias durante a madrugada e até o amanhecer desta segunda-feira (2.3.12). Os termos acordados que levara os trabalhadores a retornarem às atividades foi o comprometimento das empresas em anteciparem R$ 220 de Cesta Básica e 7% de reajuste, isso para quem ganha até R$ 1.500,00 no salário base, para aqueles que recebem acima desse valor ficou acordado que eles receberiam R$ 200 de Cesta Básica e 5% de reajuste.

As empresas repassarão os pagamentos que foram descontados no mês de março durante a paralisação até o dia 10 de abril. Segundo a assessoria de imprensa do consórcio construtor de Jirau, após a assembleia os trabalhadores começaram, gradualmente, a retomar o serviço. A assessoria de Santo Antônio também confirmou a retomada dos trabalhos.(fonte busk). A greve tinha se espalhado também a Belo Monte e a outras usinas do Ro Xingu, ameaçando atrasar as obras do PAC.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NOTA PÚBLICA - HOMENAGEM RIDICULARIZA RONDÔNIA E ESTIMULA A CRUELDADE CONTRA AS MINORIAS.

O acidente das usinas que nos esconderam

Santo Antônio do Matupi, no Km 180 da transamazônica.