terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Sem terra ocupam novamente o Morro Vermelho

Família do Morro Vermelho, antes do despejo em novembro 2011.
Atualização: Quinta feira, 19 janeiro 2012. Lideranças do acampamento desmentiram a ocupação. Segundo eles, se mantém fora da terra seguindo ordens da justiça, se bem chegaram muitas mais famílias no acampamento.
Grupo de posseiros de umas 100 famílias reocuparam a fazenda Morro Vermelho em Jaci Paraná (Porto Velho) de onde tinham sido expulsos por jagunços armados e as casas queimadas em novembro de 2011. O local era reivindicado pelos irmãos de Valter Araújo, que o teriam comprado em um leilão na justiça do ex delegado e pecuarista João do Vale.  Antes da prisão de Valter Araújo diversas lideranças tinham sido ameaçadas de morte, e inclusive um deles, Leonel dos Santos Feitosa, de 51 anos, morreu o dia 12 de novembro de 2011, em suspeito accidente de moto, quando voltava do acampamento, atropelado por uma caminhonete Hilux preta que o jogou a uma distância de 23 metros e fugiu. Segundo diversas fontes, um grupo de aproximadamente cem pessoas estariam ocupando as terras do Deputado Estadual foragido da justiça, Valter Araújo. Os caseiros da fazenda teriam abandonado o local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos suas opiniões e informações.