sábado, 14 de janeiro de 2012

Cinco ameaçados recebem proteção em Rondônia

A.Ramos tinha denunciado as ameaças
Porto Velho. Cinco pessoas ameaçadas de morte recebem proteção em Rodônia. Em total são mais de 700 as pessoas que recebem proteção no Brasil. Os nomes deles não são divulgados, informa o Diário da Amazônia.  Depois de denunciar da indefensão que sofrem os ameaçados de morte no Estado, foi pedido o convênio entre o Governo Estadual e a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, para instituir aqui o Programa de Defesa as Testemunhas.  Somente no começo deste ano 2012 a CPT RO já tem registrado três ameaças de morte. Uma delas uma agricultora do Assentamento Flor do Amazonas, que recebeu ameaças por problemas de terra e de extração clandestina de madeira no lote que ocupa no local. Outras duas graves ameaças foram registradas no Sul de Amazonas, perto de Vista Alegre do Abuná, no mesmo local onde foi assassinado Adelino Ramos. A luta contra a impunidade e a proteção aos defensores dos direitos humanos é uma das prioridades do programa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos suas opiniões e informações.