sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Corrupção em obra do PAC em Rondônia


Maquinário na BR429
Operação de PF e MPF de Ji Paraná afastou cinco servidores ligados ao DNIT em Porto Velho e cumpre mais 27 mandatos de busca e apreensão em cinco estados.  Trata-se da chamada Operação Anjos do Asfalto, com o objetivo de combater um grupo organizado atuante no desvio de verbas públicas federais no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) em Rondônia, relativas ao asfaltamento de BR-429, que liga Presidente Médici a Costa Marques, obra incluida no primeiro Programa de Aceleração do Desenvolvimento. Segundo o MPF de Rondônia até o momento, estima-se que os recursos públicos federais desviados ultrapassem a cifra de trinta milhões de reais. Entre os afastados, meios de comunicação citam Ribamar Oliveira, superintendente do DNIT em Rondônia e Acre. Em Rondônia, a obra do asfaltamento da BR-429 foi promovida e apadrinhada pelo casal político Valdir e Marinha Raupp, ele senador e ela deputada do PMDB.


Segundo o MPF "Após meses de investigação, colheram-se sólidos indicativos de que a empresa executora da obra utilizou material de baixa qualidade, bem como não tem executado serviços nos termos do contrato, descumprindo o projeto. Constatou-se também, que agentes públicos responsáveis pela fiscalização e acompanhamento da execução da obra eram coniventes e omissos em relação às irregularidades, mediante promessa e recebimento de vantagens indevidas, além de atuarem em conjunto com a empresa executora com o objetivo de driblarem a fiscalização de órgãos de controle".

Um comentário:

  1. ASSOCIAÇAO DOS TRABALHADORES RURAIS DO VALE DO RIO GUAPORE NO ESTADO DE RONDONIA.VEM MUI.RESPEITOSAMENTE, E RESPONSAVELMENTE.COMENTAR,QUANTAS CONTRARIEDADES,SOBRE ESSA NOSSA ANTIGA BR-429-RONDONIA.POIS JA FOMOS POR VARIAS VEZES,EM MAIS DE TRINTA ANOS DE EXISTENCIAS DESSA BR-429-RO.POIS JA SE PASSARAM DESDE DA EPOCA DO REGIME MILITAR.QUE ELE JA EXISTEM ESSES ROMBOS.QUE NINGUEM IMAGINA.POIS ESSES TRINTA MILHOES,NAO CHEGAM,NEM PERTO DO VOLUME.QUE FOI PUBLICADO,E DEPOSITADO.AINDA NO GOVERNO LUIZ INACIO LULA DA SILVA.EM DOIS MIL E QUATRO.FORA 470.000.000.00.EM DOIS MIL E SETE.FORAM.FORAM.570.000.000.00.E NADA FORAM.FEITO,ENTAO AI E A CONFIRMAÇAO DOS PADRINHOS,RAUPP DE MATOS,E MARINHA RAUPP DE MATOS.NAO DA MAIS.PARA NOS FICARMOS INOSCENTES,DESSES ROMBOS.POIS CGU.JA SABE DE TUDO.NOSSO MUITO OBRIGADO.HERMES CAVALHEIRO

    ResponderExcluir

Agradecemos suas opiniões e informações.