domingo, 27 de novembro de 2011

CAMPANHA DE COMBATE AO TRABALHO ESCRAVO EM GUAJARÁ - MIRIM – RO


Neste dia 27 de novembro de 2011 estivemos reunidos com lideranças da Pastoral do Migrante de Guajará-Mirim para apresentar a campanha do combate ao trabalho escravo estudar e conhecer melhor a realidade da situação da escravidão contemporânea; e também para pensar juntas formas de estender as ações da campanha a outras pastorais e realidades presentes na região de Guajará.
Motivou-nos a pensar e realizar este primeiro momento com a equipe da Pastoral do migrante pelos seguintes motivos:  

  • Por ser as vitimas do trabalho escravo filhos da migração forçada, 
  • Pela realidade de migração temporária e boliviana ali presente;
  • Por ter acontecido recentimente resgate de oito trabalhadores em uma propriedade ali por perto sendo um destes menor e boliviano
Contamos com a participação de 10 lideranças da Pastoral do migrante da diocese de Guajará-Mirim e três pessoas que ajuda na articulação da campanha no Estado de Rondônia, estas da cidade de Porto Velho.
Além do estudo da tomada de consciência desta realidade de exploração da mão de obra que leva a situação de escravidão ou análoga a escravidão, apresentamos e estudamos o material que temos e que ajuda a entender o ciclo da escravidão. Tais matérias forma distribuídos entre os participantes para fazer chegar a outras realidades.
Na oportunidade assistimos e dialogamos sobre o documentário “A LIGA”. Tal documentário retrata a triste realidade de três situações de trabalho escravo encontrados aqui no Brasil: Na construção civil, nas carvoarias e nas clandestinas confecções em São Paulo com a mão de obra de bolivianos.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos suas opiniões e informações.