sábado, 8 de outubro de 2011

Ameaças de morte contra juízes federais de Rondônia



Foto divulgada do juiz Herculano Nacif
O juiz federal Herculano Martins Nacif, titular da diretoria do foro da Justiça Federal de Porto Velho, denunciou em entrevista concedida à imprensa, hoje à tarde (07/10), que juízes federais estão sendo ameaçados de morte no Estado de Rondônia. O juiz Herculano Nacif é também juiz da Vara Agrária da justiça federal de Rondônia. Herculano Nacif não chegou revelar quais são os juízes que receberam ameaça de morte, nem tampouco onde trabalham esses magistrados, segundo ele, para não atrapalhar as investigações. No entanto, revelou que a ameaça é concreta e foi informada a ele hoje pela manhã através do serviço de inteligência da Polícia Federal.
Segundo o magistrado, as investigações para apurar a autoria da ameaça já estão em andamento através dos aparelhos de segurança da Polícia Federal e poderá contar também com a participação das polícias estaduais e da Guarda Nacional.
Durante a entrevista aos jornalistas Marcelo Winter (TV Rondônia), Mike (Rondoniaovivo) e Gleilson (Rondoniagora), disse Herculano Nacif:
“Eu preciso dá um recado para esses bandidos que estão enviando essas mensagens, e dizer-lhes que não vão intimidar a Justiça Federal de jeito nenhum; se matar um colega, os outros vão continuar, ainda com mais firmeza, exercendo o papel que têm de exercer no Estado de Rondônia. Esses bandidos precisam saber que aqui tem Estado de Direito e tem Lei, e tem juiz para fazer valer a lei e a justiça; o Estado de Direito não é terra de ninguém. Já foi-se o tempo em que aqui era terra de ninguém; já comunicamos o fato ao presidente do Supremo Tribunal Federal, que também é presidente do Conselho Nacional de Justiça”.
O presidente do Tribunal Regional Federal da Primeira Região também já tem conhecimento das ameaças que os juízes estão sofrendo aqui em Rondônia.
Ainda a semana passada, o juiz Herculano Nacif, realizou audiência a pedido da Ouvidoria Agrária Nacional, procurada por Dom Moacyr Grecci, arçobispo de Porto Velho, que também sofreu ameaças por tentar evitar por despejo de 45 famílias de posseiros de Artiquemes. O juiz concedeu mais 60 dias de prazo para as famílias sair do local.









Um comentário:

  1. é interressante como voçes noticiam essas ameaças contra este ilustre juiz , se sao os sem terras mesmo que fazem ameaças contra os juizes , parem de ser hipocratas, vao trabalhar parem de querer roubar o que ja tem dono

    ResponderExcluir

Agradecemos suas opiniões e informações.