terça-feira, 23 de agosto de 2011

Pistoleiro preso em Chupinguáia


Imagem de casa destruída em fevereiro 2011

Pistoleiro Edson Martins de Souza, funcionário de Ilário Bodanese, teria sido preso em Chupinguáia o passado dia 06 de Agosto, em posessão de numerosas armas de fogo dentro da fazenda. Nas proximidades da mesma, o dia 26 de julho dois acampados tinham sido baleados enquanto estavam pescando. A prisão do pistoleiro responde aos esforços do governo e da Ouvidoria Agrária Nacional para conter a violência agrária.

Contra a espiral da violência.
Apostando pela intervenção do governo contra a impunidade, o trabalho da Ouvidoria Agrária Nacional e das autoridades de Rondônia contra a impunidade começa a dar algum resultado no Cone Sul de Rondônia. Este ano a situação do conflito começou em fevereiro com o despejo de 84 famílias e posterior reocupação da terra do Acampamento de Barro Branco, em terras da união pretendidas pelo empresário e fazendeiro Ilário Bodanese. O INCRA entrou com medida na justiça federal reivindicando as terras como Terras da União.  O presidente do sindicato de STR de Vilhena também faz anos está sendo ameaçado pelo apóio as famíliasde posseiros, assim como uma das líderes da ocupação.
Já em 10 de julho Ilário Bodanese, presidente da Aviagro, acusava os poseiros de ter queimado uma casa da fazenda, e andava rodeado de "seguranças" na realização da Expovil, a exposição agropecuária de Vilhena . 
Em 26 de junho de 2011 dois acampados, José Roberto Rodrigues e Elias da Silva, foram baleados por armas de fogo quando estavam pescando, resultando atingidos cada um com dois disparos, um com feridas nas costas e na perna e o outro nas costas e no braço.

Apreensão de armas na fazenda de Bodanese.
Depois de ativa intervenção do ouvidor agrário nacional, Dr Gernino Filho, o passado dia 02 de Agosto de 2011 a Polícia Civil de Vilhena apreendeu várias armas em na fazenda de Ilário Bodanese em Chupinguáia, depois de cumprir um mandato de busca e apreensão na fazenda fica localizada na Linha 95 no município de Chupinguaia.
Durante a operação, Edson Martins de Souza, que estava na fazenda foi detido, além disso.
Segundo um site local, foram encontradas três arma de fogo, sendo elas duas espingardas calibre 20 e um rifle calibre 22 assim como, 34 cartuchos calibre 12, 20 cartuchos calibre 20, 8 cartuchos 22 e 20 cartuchos calibre 38. ( Corréio de Notícias ).
Segundo informações recebidas na CPT RO da Ouvidoria Agrária Nacional, Edson Martins de Souza, que já responde por um processo por homicídio,  foi indiciado como suposto autor dos disparos aos dois acampados que estavam pescando. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos suas opiniões e informações.