quarta-feira, 15 de junho de 2011

Novamente tensão em Corumbiara, Rondônia

Família assentada em Santa Elina
Posseiros de Chupinguáia que foram despejados em fevereiro tem retomada a área do acampamento Barrro Branco,área pública reivindicada pelo ex secretário do governo de estado, Hilário Bodanese. Na mesma área, uma das lideranças congecida como Nina, Maria Helena Felipe, estaria escondida depois de ter sofrido graves ameaças de morte.
Por outro lado, segundo informaçães da Fetagro e da CPT no sul do estado, a situação na Fazenda Santa Elina, em Corumbiara,  está tensa e ameaça deflagrar em novo conflito a qualquer momento.  Três agricultores remanescentes do massacre de Corumbiara, estariam sendo ameaçados de morte por membros a Liga dos Camponeses Pobres, grupo que se anticipou a ocupar a área que o INCRA está desapropiando para os antigos assentados, despejados e massacrados em 1995.

4 comentários:

  1. Por favor, a CPT poderia acompanhar in loco que os camponeses organizados pelo CODEVISE e LCP que estão na Fazenda Santa Elina não são responsáveis por supostas ameaças. Estive em Corumbiara, fui até a área e comprovei isso. Parem de reproduzir notícias falsas.

    Márcio M. Martins
    Professor, Mestre em Geografia pela Universidade Federal de Rondônia
    Pesquisou sobre o conflito da fazenda Santa Elina

    ResponderExcluir
  2. Professor Márcio. A informação da CPT está baseada na ocurrência policial B0: 3277/2011. A CPT está de portas abertas para ouvir e publicar também o que o sr. viu e descobriu na pesquisa que fez.

    ResponderExcluir
  3. olá boa noite!
    É com grande pesar que informo que ontem dia 15/03/2012, uma tragédia relacionada as terras do massacre de Corumbiara, ocorreu, uma mulher enciumada matou seu marido com um machado.

    ResponderExcluir

Agradecemos suas opiniões e informações.