domingo, 18 de julho de 2010

Frigoríficos matam peixes em Rondônia


Segundo informações do Diário da Amazônia, novo frigorífico de Rolim de Moura era suspeito de ter provocado a morte de milhares de peixes no Rio Bambu. Fontes da empresa desmentiram eles ter originado a mortaldade, que estaria sendo investigada. Afirmando desconhecer a origem das mortes dos peixes, por enquanto as autoridades tem pedido à população abster-se de usar água do rio.

Não seria a primeira vez que um frigorífico da população de Rolim de Moura provoca a morte de peixes. Um extinto frigorífico (Margem ?) teria sido multado em 2007 por provocar a morte de peixes no igarapé São Pedrinho, afluente do Rio Bambu, por causa de exceso de matéria orgânica proveniente dos dejetos do frigorífico.

Também o frigorífico Guaporé Carnes, de São Miguel do Guaporé, teria sido multado em 2009 pelo Ibama com 5 milhões de reais por provocar mortaldade de peixes no Rio São Joaquim, afluente do Rio São Miguel, depois que um açude com os dejetos estourou e derramou o seu conteúdo. O Guaporé Carnes mata centenas de bois todos os dias e tem frota de mais de 90 caminhões boiadeiros trabalhando para a empresa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos suas opiniões e informações.