sexta-feira, 4 de junho de 2010

Trabalhador de fazenda espancado por reclamar o salário.

Denuncia de irregularidade trabalhista pela TV SBT local de Ji Paraná

No dia 2 junho fui informado pelo pessoal do sindicato da Fetagro que tinham visto passar na televisão uma matéria sob trabalho escravo na cidade de ji Paraná.

Deusiano de Jesus dos Anjos de 44 anos de idade declarou na TV SBT local de Ji Paraná que trabalhou 3 anos sem receber salário. Após reclamar que queria receber o salário levou uma surra do patrão, o fazendeiro Ambrozio Pinto, proprietário da Fazenda do Sebastião, situada em Nova Colina, distrito de Ji Paraná. A fazenda fica próximo a escola Nova Aliança na linha 86 de Ji Paraná.

Então fui a delegacia da PM de Nova Colina para ver o boletim de policia militar. Com dificuldade consegui ver que constava a denuncia que havia publicado na TV SBT local de Ji Paraná, Deusiano de Jesus, em boletim escrito a lápis, de 7 meses sem receber o salário.

A Policia Militar encaminhou vitima para a delegacia e Ji Paraná e o caso passou no plantão policial na televisão local. O caso esta sendo investigado na delegacia civil. A mulher do fazendeiro é policial civil lotada na delegacia de Ji Paraná.

Falei por telefone com o delegado federal de Ji Paraná Dr. Flávio e ele disse que o crime de trabalho escravo estaria descaracterizado e era difícil de constatar. Pediu para buscar cópia do boletim de policia para ele verificar e só depois vai falar do assunto.

Tentamos contato com a fiscalia de trabalho de Porto Velho pedindo informação sobre o assunto.

Porto Velho 06-04-2010 - Campanha contra o trabalho escravo. CPT RO


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos suas opiniões e informações.